CERTIFICAÇÃO

 

Certificar o seu Veículo Histórico pelo CPAA é uma forma de o valorizar, de evitar custos desnecessários com IPO e impostos e defender a liberdade de utilização.

Dispensa de IPO

Atualmente, a legislação permite que um automóvel certificado seja dispensado da I.P.O., sendo esta substituída pela inspeção do processo de certificação, que acontece apenas a cada quatro anos para os veículos com 30 ou mais anos, a cada seis anos para os veículos com mais de 60 anos, a cada oito anos para veículos com mais de 75 anos e a cada dez anos para veículos com mais de 100 anos.

Isenção de IUC

A Certificação de Interesse Histórico confere isenção de IUC para os automóveis ligeiros de passageiros (ou pesados mistos e de mercadorias) cuja primeira data de matrícula na União Europeia ou do Espaço económico Europeu, conte 30 ou mais anos.

Credibilidade e validação

O CPAA é a entidade com mais longa história nos processos de Certificação de Veículos de Interesse Histórico, estando o processo a cargo de especialistas experientes, exigentes mas cooperantes que, mais do que a assegurar a correta condição do seu veículo, estão qualificados para prestar aconselhamento no que diz respeito à manutenção e à apresentação de cada modelo, de acordo com a especificação original ou de acordo com o espírito da época.
Obter uma certificação pelo CPAA é acrescentar valor ao seu veículo, já que a chancela do Clube é garantia de que o exemplar está em conformidade com uma observância rigorosa dos critérios definidos pela FIVA e aceites pelas autoridades nacionais.

Circulação livre

Os Veículos de Interesse Histórico podem circular sem qualquer limitação nas Zonas de Emissões Reduzidas (ZER).

Proteção em caso de sinistro

A certificação do interesse histórico do veículo é um elemento importante na mediação com as seguradoras em caso de sinistro, pois qualifica cada exemplar como um objeto insubstituível, com um valor que vai para além do material e, como tal, defende o direito do proprietário de ver o seu veículo reparado ou reconstruído.

Tratamento de dados

Ao enviar este formulário, aceito pela manifestação de vontade, livre, especifica, informada e explicita que o tratamento dos dados pessoais que me dizem respeito sejam objeto de tratamento de acordo com os objetivos propostos pelo Clube Português de Automóveis Antigos, tendo sido informado:
1. da utilização do meu e-mail e/ou telefone e telemóvel (SMS) para ações de informação de atividades a realizar pelo Clube Português de Automóveis Antigos.
2. da utilização da fotografia para a ficha de sócio.
3. do envio de correspondência de assuntos de interesse mútuo.
4. da reclamação junto da Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD).

Informações Complementares para os efeitos previstos no disposto no art.º 13.º do Regulamento Geral de Proteção de Dados (EU) 2016/679 do P. E. e do Conselho de 27 de abril (RGPD)

Os Dados Pessoais fornecidos são processados pelo Clube Português de Automóveis Antigos, na qualidade de RESPONSÁVEL pelo seu TRATAMENTO, com a finalidade exclusiva de gestão dos Sócios na sua vertente associativa e serão mantidos enquanto o Sócio se encontrar Ativo. Na situação de desistência ou incumprimento das suas obrigações os dados pessoais serão mantidos doze mesas findo os quais serão definitivamente apagados. Adotamos as medidas técnicas e organizacionais adequadas para proteger os seus dados pessoais armazenados nos nossos sistemas de informação contra a sua perda, destruição, divulgação e acesso não autorizado.
O Titular dos Dados poderá solicitar a sua atualização, correção ou alterar o seu consentimento dos seus Dados Pessoais, mediante pedido por escrito, para o Clube Português de Automóveis Antigos: Rua de Serpa Pinto, 520/528 – 4250-464 Porto ou através do email porto@cpaa.pt.

Transferência de Dados Pessoais para efeitos de realização do Seguro Automóvel.

Sempre que exista a realização de um seguro automóvel são comunicados eletronicamente os dados pessoais acima descritos para a respetiva seguradora para a realização da apólice.